domingo, 1 de fevereiro de 2015

Resenha: Belo Desastre


Olá pessoal, como vocês estão?
Hoje trago para vocês uma resenha que há muito tempo queria comentar com vocês. Mas o sistema de resenhas irá mudar, tudo bem? Vou falar muito mais sobre o livro no começo, e deixar as informações sobre o livro, lá no final. Acho que assim fica melhor, pois eu posso escrever mais.
Esse livro é daqueles que sou apaixonada. Vamos lá!

"Quando um Maddox se apaixona, é para sempre." Nunca uma frase foi tão verdadeira, nesse primeiro livro que li de Jamie McGuire conhecemos a Abby e o Travis. Uma dupla que olha tira o fôlego de qualquer um. Abby não quer ser conhecida, só quer passar o tempo que resta da faculdade no invisível, já Travis, é o bad boy que arranca os suspiros de todas as garotas da faculdade, que está cheio de tatuagem e participa de lutas para ganhar dinheiro. Tudo o que Abby não queria se envolver, mas como sua amiga é namorada do primo de Travis, ela meio que é arrastada para uma luta de Travis, e é nesse primeiro encontro dos dois que a estória começa a acontecer. Travis é o oposto de Abby em tudo, mas quando eles se aproximam há uma faísca que é quase impossível de se esquivar. 



Claro que fiquei com um pé atras quando estava naquela loucura de Travis Maddox, li Belo Desastre em 2013 e não me arrependo em nenhum segundo de ter lido esse livro. Quando você conhece um Maddox, é você que se apaixona, isso sim. Li o livro em uma virada de noite, pois eu não conseguia desgrudar do livro, eu amo livros assim, Aqueles livros que te prendem desde o começo, é raro você se decepcionar, e claro, eu não iria me decepcionar com um Maddox. Esse livro é tudo o que um adolescente passa, quando está saindo da fase adolescente e quase entrando para a fase adulto, e é por isso que gosto de livros assim, mostra uma verdade que deixa todos espantados. Tem palavrões? Claro que tem, que pessoa conhece ficar sem falar palavrão? É bem raro. Tem sexo? Tem, pois é isso que se acontece nessa fase, mesmo você querendo esconder, mas isso acotece. Tem bebidas? Tem. Ou seja, tem tudo de proibido, mas a Jamie consegue manejar muito bem essas coisas proibidas e não fazer ficar tão pesado. Já li livros que tem tudo isso, e parece um pouco forçado, mas Jamie faz com uma naturalidade, e é por isso que nos apaixonamos.

" - Se você chegar a meio metro dessa cortina, vou arrancar seus olhos quando você estiver dormindo." Abby - página; 45

Claro que Travis é o bad boy que pega todas que se jogam em cima dele, claro que ele é o caminho perdido de qualquer um, mas conhecemos um Travis apaixonado. A estória dos dois é tão envolvente que você torce, mas torce mesmo para encontrar um Maddox perdido por aí. A Abby é forte, independente, não é aquelas protagonistas idiotas, que esperam tudo acontecer com elas, ela não reclama da vida e é exatamente por isso que você se identifica com ela. A Abby me encantou desde o começo, pois consegui vê uma parte de mim nela. Tem romance dos mais viciantes que já vi. Esses dois que se amam, mas tem os seus próprios medos de embarcar nessa jornada juntos e você fica desesperado para que eles fiquem juntos logo, é nessa jornada que você entra. E você não quer sair, você quer ficar no mundo de Belo Desastre. Lembro que na época que estava lendo, fiquei tão encantada com o livro que coloquei essa simples frase no livro, e para dar um desfecho perfeito na resenha, vou colocá-lo. 

"- Sabe por que eu te quero? Eu não sabia que estava perdido até que você me encontrou. Não sabia que estava sozinho até a primeira noite em que passei na minha cama sem você. Você é a única coisa certa na minha vida. Você é o que eu sempre esperei, Beija-Flor." Travis - página: 241

"E quando alguns ficam sem entender por que gosto tanto de ler, eu mostro o por quê! Principalmente livros com esse gênero, não mostra o mundo perfeito, mostra a realidade. Que você tem seus defeitos e suas qualidades e que temos que nos conformar com isso! Que não importa se não nos demos muito bem com os pais, temos que aprender a superar! Que se encontrarmos a pessoa "errada", talvez ela seja a certa para você. Que não importa se tem a fama de mulherengo, ser um cretino nem nada disso. Se você se der a oportunidade de o conhecer mais, irá perceber que tudo é fachada, que tem um coração por trás disso tudo! Que a pessoa perfeita não existe, existe a pessoa certa para cada um de nós! É exatamente por isso que leio, para não perder as esperanças do que vemos hoje em dia. É pra nutrir um sonho, que ainda encontrarei a pessoa certa para mim, pois ela está aí fora me esperando."

Espero que vocês tenham gostado da resenha, pois vamos ver mais alguns livros dos Maddox por aqui no blog, agora que estou voltando com as resenhas, tenho muita coisa para contar esse tempo que fiquei sem postar no blog, tenho livros para apresentar para vocês, que olhem, vale a pena perder alguns minutinhos com eles, ou horas, ou dias. Enfim, espero que vocês tenham gostado e que se embarquem nesse mundo de Belo Desastre.

Nome: Belo Desastre
Autor: Jamie McGuire
Nº de páginas: 389
Editora: Verus
Classificação:




Sinopse: Abby Abernathy é uma boa garota. Ela não bebe nem fala palavrão, e tem a quantidade apropriada de cardigãs no guarda-roupa. Abby acredita que seu passado sombrio está bem distante, mas, quando se muda para uma nova cidade com America, sua melhor amiga, para cursar a faculdade, seu recomeço é rapidamente ameaçado pelo bad boy da universidade. 
Travis Maddox, com seu abdômen definido e seus braços tatuados, é exatamente o que Abby precisa e deseja evitar. Ele passa as noites ganhando dinheiro em um clube da luta e os dias seduzindo as garotas da faculdade. Intrigado com a resistência de Abby ao seu charme, Travis a atrai com uma aposta. Se ele perder, terá que ficar sem sexo por um mês. Se ela perder, deverá morar no apartamento dele pelo mesmo período. Qualquer que seja o resultado da aposta, Travis nem imagina que finalmente encontrou uma adversária à altura. E é então que eles se envolvem em uma relação intensa e conturbada, que pode acabar levando-os à loucura.

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Retrospectiva 2014

Olá pessoal que saudades eu estava daqui.
Hoje como deu para perceber pelo nome do título, vou fazer uma retrospectiva literária de 2014. Eu amo fazer retrospectivas, pois é o momento em que posso comparar minhas metas. Infelizmente 2014 foi um ano bem turbulento, por isso não consegui ler muito, o total foi de 53 livros sendo que em 2013 eu consegui ler 57. Acho que por conta de vestibulares e cursinho, não deu para ler pelo menos o mesmo número, mas vamos ver como esse ano de 2015 se saí não é? Só sei de uma coisa, foram leituras maravilhosas, apaixonantes e suspirantes. Sério fico me perguntando o por quê não consigo escolher só cinco livros, para ficar mais fácil, mas não dá. Então por isso, consegui reduzir minha lista de favoritos que foram de 23, para 15 e eu ainda acho que deixei algum queridinho de fora :(


Bom, 2014 começou muito bem com essa leitura deliciosa que é "Enfeitiçadas", quem tiver a oportunidade de ler, leiam é uma estória de bruxas fantástica. Depois vem meu queridinho "A Culpa É Das Estrelas" e consegui esperar passar a euforia desse livro, só para conseguir degustar mais, lindo. "O Projeto Rosie", tem livro mais perfeito e mais engraçado do que esse? Sim, mas esse também é numa dose que chega a dar vontade de ler de novo. "O Hipnotista", nunca um livro me deixou com tanto medo quanto esse, tenho arrepios até hoje. "O Destino Do Tigre" enfim me despedi dos irmãos tigres com uma dor enorme no coração, mas muito feliz, por finalmente a Kells ter enxergado quem era o verdadeiro amor da vida dela. "Bela Distração" é literalmente uma Bela Distração. O que é esse Trent Maddox? Alguém me explica? "A Seleção", literalmente quero Maxon para mim, sem devoluções! "Poseidon" me fez rir de tantas maneiras que nem sei explicar de tão fofo que o livro é. "Easy" Landon Lucas, você com toda a certeza roubou um pedaço do meu coração seu lindo ♥ "Os Segredos de Colin Bridgerton", vocês sabem que eu namoro o Colin desde que ele apareceu em "O Duque E Eu" não é? Ele conquistou mais um pedacinho do meu coração nesse livro ai ai. "Um Caso Perdido" foi minha perdição de 2014, Dean Holder o que você fez comigo? Mexeu fundo hein? Nunca mais irei pensar numa corrida sem lembrar suor e tanquinho ai ai. Então galera aqui era para ser "Maze Runner: Correr Ou Morrer", mas só na hora que passei a foto pro computador que notei meu erro. Esse livro distópico é tão bom nas aventuras e o que esses garotos passam no Labirinto é genial eles estarem vivos. Só li "Orgulho e Preconceito" da Jane e minha nossa, quero um Sr. Darcy para mim. Quem é que não quer um Darcy na sua vida? Estão faltando dois livros pois eles eu li em e-book, são: Dizem Por Aí, um livro tão gostosinho de se ler e querer mais, suspiros eternos. E "Fiquei Com Seu Número" pode um livro ter uma protagonista que só faz trapalhadas, mas mesmo assim você se encanta por ela? Pode e esse livro me conquistou de tantas maneiras!

Ufa, foram esses livros que mais mexeram comigo nesse ano que se passou.
E vocês, já leram algum deles? Me contem!!

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Vamos falar de série: Once Upon A Time

Olá pessoal,
Faz muito tempo que não venho aqui, mas hoje senti uma espécie de "necessidade" de compartilhar com vocês, a loucura que é uma série de tv que atualmente estou assistindo.
Como vocês sabem ou não, eu adoro séries de televisão, mas confesso que poucas ultimamente anda chamando minha atenção, já deixei várias de lado (the walking dead, game of thrones, under the dome, american horror story, supernatural e algumas outras) mas o fato é que: tem uma série que eu ando apaixonada e viciada o nome dela é Once Upon A Time ou Era Uma Vez.
Essa série se baseia nos contos de fadas mas o que mais chama atenção é que não é qualquer série baseada nos contos de fadas, essa tem algo mais, não sei explicar.




Sinopse: Na cidade fictícia de Storybrooke, no Maine, Regina (Lana Parrilla) é uma rainha má que rouba memórias graças à maldição obtida por meio de Rumplestiltskin (Robert Carlyle). Suas vítimas viveram, portanto, uma realidade imutável durante 28 anos, sem ter qualquer noção de sua idade. Todas as esperanças estão depositadas em Emma Swan (Jennifer Morrison), filha da Branca de Neve (Ginnifer Goddwin) e do Príncipe Encantado (Josh Dallas). Ela é a única pessoa com a capacidade de quebrar a maldição e recuperar as lembranças perdidas, pois foi transportada do mundo de conto de fadas antes de ser atingida pelo feitiço.

Com essa sinopse de deixar qualquer um com vontade de acompanhar, você entra para o mundo de Once Upon A Time. Confesso que estava com o pé atrás com essa série, ficava me perguntando: "Como uma série de contos de fadas pode dar certo? Ainda mais nesse universo? Em um mundo real?" Mas gente deu tão certo que ultimamente estamos na quarta temporada e o sucesso que anda fazendo poderá nos trazer uma quinta. Confesso que estou muito feliz com a possibilidade de uma possível quinta temporada, os personagens são cativantes e essa jogada de passado e presente que tem na série é bem legal. Na primeira temporada temos a maldição para ser quebrada e ninguém se lembrando de quem realmente é, já na segunda com todas as memórias recuperadas é onde a grande aventura começa, mas não deixa de ter essa conexão com o passado deles. É uma maravilha ver o passado de alguns personagens e essa transição que sai o de antes e o de agora. 


Sem contar que sempre podemos conhecer alguns personagens, ainda mais os principais: Regina, Branca De Neve, Encantado, Rumplestiltskin, Bella e de outros personagens que vão aparecendo na série. Não deixa em nenhum momento perder a emoção, cada episódio é uma aventura, um risco, um aprendizado. Once Upon A Time mostra o lado mais unido de uma família: amor, esperança e fé. Confesso que depois que comecei a assistir, passei a ter mais fé e esperança em algumas coisas. A série te faz desejar algo bom, algo sonhador e é nisso que penso todas as vezes que tem um episódio novo. E só para constar a série é desde 2011 e eu só comecei assisti-lá esse ano de 2014, para ser mais exata desde setembro venho acompanhando, para minha sorte já tinha todos os episódios e agora que estou esperando de semana em semana para sair um novo episódio, gostaria de não ter corrido tanto para assistir. Mas como disse, é difícil parar quando você começa a ver o Pilot ;)


Temos heróis e vilões nessa série mas não se enganem, quando chega na terceira temporada alguns "vilões" se tornam tão fáceis de amar, que tem umas horas que dá vontade de pegá-los no colo. Eu me surpreendi quando agora na quarta, tenho um carinho especial por uma personagem que antes era vilã. O legal também em Once Upon A Time são os seus casais e para quem gosta de uma dose de romance de contos de fadas, irá adorar essa série. Os meus casais preferidos são: Branca De Neve e Encantado, Emma Swan e Capitão Gancho e o mais surpreendente Regina e Robin Hood!!! 


Espero muito pelos próximos episódios e pelas próximas temporadas, é uma série que consegui viciar todo mundo aqui de casa de tão boa, engraçada, viciante que é ♥

Ah, e sem contar aquelas cenas que sempre tem, que são de fazer chorar de tanto rir, ou pior chorar por que algum personagem vilão faz mal ao seu personagem preferido, esses são os tipos de coisas que só acontecem em Once Upon A Time, venha visitar esse Reino encantado, vem.

terça-feira, 22 de julho de 2014

Maratona Literária: O Hipnotista + A Escolha

Olá pessoal como vocês estão? Espero que bem!
Hoje eu vim falar como andam as minhas leituras da Maratona.. Eu fiz um vídeo ontem, mas como sempre eu esqueci de colocar aqui no blog :/
Minhas leituras andam muito bem, dos quatro que eu gostaria de terminar nessa semana, já dei finalidade em dois, e são esses dois que me deixaram mais feliz :)
Consegui terminar de ler O Hipnotista e A Escolha *-* Aqui embaixo vou deixar o vídeo que fiz, comentando sobre esses dois livros, são leituras tão maravilhosas, os dois são as melhores leituras do ano até agora ;)



E agora a leitura atual: Strange Angels que até agora está dando super certo, pois estou conseguindo ler super rápido, estou conseguindo manter o ritmo, espero que até amanhã (quarta-feira) eu tenha terminado a leitura.

E bom é isso por hoje, amanhã eu volto para comentar mais ;)
Beijos

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Maratona Literária 3.0

Olá seus lindos, como vocês estão?
Então gente voltei aqui para comunicar que estou participando da Maratona Literária 3.0
Como faz tempo que eu não posto nada aqui, vocês não sabem como a situação está crítica dos livros "não lidos", passei de cem já, ou seja preciso realmente dar um "gás" na minha leitura.
Então quando vi que a Maratona ia começar não pensei duas vezes e falei: "Eu preciso" e cá estamos nós..
A minha Maratona não consiste em nada doido não, como tenho muitos livros "não terminados" na minha estante, vou pegar essa semana para terminá-los e sério espero realmente conseguir isso.. Minha meta é ler 811 páginas em uma semana!!




quinta-feira, 17 de julho de 2014

Leituras Do Mês: Junho/2014

Olá pessoal, como vocês estão? Espero que super bem :)
Faz tanto tempo que não venho aqui, estava morrendo de saudades.
Eu sei que passou muito tempo para publicar esse post, mas como sempre digo: "antes tarde, do que nunca."
Então vamos lá!


Vamos começar pela primeira leitura do mês: Jogos Do Prazer, não sei se já tinha comentado com vocês (ou não sei se comentei com ninguém), enfim eu meio que estou gostando de Romances de Época, eu gosto do clima até dos romances clichês de "mocinho salva mocinha em apuros", mas Jogos Do Prazer, não é lá tão inocente, primeiro por quê a mocinha não é tão inocente, como é o terceiro livro de uma série, deu para pegar algumas informações anteriores, mas confesso que não me preocupou muito não, gostei muito desse livro, as dificuldades que Rose tem que enfrentar e como ela consegue, é bem interessante, mas não é o meu preferido dessa autora. Quero ser seu, se tiver um livro com maior decepção esse ano, com certeza é esse. Eu queria muito ler um livro da Bella Andre e quando surgiu uma promoção acabei comprando ele e gente, sério nunca fiquei tão frustrada com um livro. A estória do casal é legal, mas fica naquele mimimi, que me irrita, pois nenhum dos dois dá um avanço, precisa acontecer alguma coisa bem grande para eles se resolverem, sério isso me tirou do sério, mas por outro lado, teve algumas partes bem divertidas e outras que me emocionaram, sabe aquele livro "montanha-russa", é tipo esse. O terceiro livro do mês foi: Tentação Sem Limites (deixem eu ter um pequeno minuto fã enlouquecedora?) gente esse livro é todo amor do mundo, é o segundo livro da série Sem Limites, com o primeiro Paixão Sem Limites. Gosto dessas autoras que sempre terminam uma série e deixa um grande "QUE?", foi assim que me senti ao terminar Paixão Sem Limites e fiquei ainda mais depressiva ao terminar "Tentação Sem Limites", nesse segundo livro da série, tem o ponto de vista das duas personagens, o que claro me agradou imensamente e eu sim, tive uma queda ainda maior por Rush, quero ele para mim :/.. Lições Do Desejo é com certeza até agora o meu preferido da Madeline Hunter, não que eu não tenha gostado de Jogos Do Prazer, mas Lições Do Desejo é um enorme falar de suspiros, a cada palavra que escrevo tenho um suspiro, o livro é um amor e Elliot conseguiu me fazer suspirar a cada página, sério é difícil um livro me fazer sentir tantas emoções, realmente um dos melhores do ano. O oceano no fim do caminho, até agora, depois de um tempo após a leitura, ainda tenho dificuldade para falar desse livro, é um daqueles livros que precisa de muito refletimento, do tipo muito mesmo, você não sabe se ama ele ou se tem medo do livro, Neil Gaiman sempre me faz sentir essas emoções nos seus livros, o que é bem interessante, amei o livro, mas confesso que senti medo na maior parte da leitura, é um livro para você refletir sobre a vida. E por último mas não menos importante Bem Mais Perto, esse livro está na minha estante desde o ano passado, sempre tive vontade de ler, mas aí ouvi uns comentários sobre a autora que me desanimou, só que eu precisava de uma leitura leve, divertida e que iria me fazer dar altas risadas, felizmente escolhi o livro certo. Bem mais perto é um livro muito divertido, mas também tem questões familiares bem graves, bem graves mesmo, só que de um certo ponto achei legal ter essa questão no livro, não foi só o romance da garota, é legal ter conflitos desse jeito nos livros. 

Gostei muito das leituras desse mês, o que mais percebi ao fazer esse post é que cada um teve um ponto familiar a ser desenvolvido, curioso.
E vocês, o que andaram lendo por aí? 
Beijos

segunda-feira, 3 de março de 2014

Resenha: Enfeitiçadas - As Crônicas das Irmãs Bruxas

Olá seus lindos, como vocês estão? Espero que bem!!
Gente, eu sei, eu sei!! Ando meio sumida, mas calma, isso tudo é por causa dos meus estudos. E acreditem, até minhas leituras caiu um pouco :(
Mas hoje eu não vim com essa ladainha, do que está acontecendo. Irá vir um post para isso. Hoje eu vim trazer a resenha de um livro, maravilhosamente bom. O único defeito é: que ainda não tem o próximo aqui no Brasil :(
Vamos lá!!

Nome: Enfeitiçadas - As Crônicas Das Irmãs Bruxas #1
Autor: Jessica Spotswood
Nº de páginas: 272
Editora: Arqueiro
Classificação:






Sinopse: Antes do alvorecer do século XX, um trio de irmãs chegará a idade adulta, todas bruxas. Uma delas terá o dom da magia mental e será a bruxa mais poderosa a nascer em muitos séculos: ela terá poder suficiente para mudar o rumo da história, para suscitar o ressurgimento do poder das bruxas ou um segundo Terror. Quando Cate descobre esta profecia no diário de sua mãe, morta há poucos anos, entende que precisa repensar seus planos. Qual será a melhor opção: servir a Irmandade, longe dos olhos vigilantes dos Irmãos Caçadores de Bruxas, aceitar uma proposta de casamento que lhe garanta proteção e segurança ou abandonar tudo e viver um grande amor proibido?
Prepare-se para se encantar com os jovens pretendentes de Cate, abominar o ódio e a repulsa que os Irmãos dedicam a meninas e mulheres, e aguardar ansiosamente pela sequência de As Crônicas das Irmãs Bruxas.

Resenha

Imaginem um livro maravilhosamente bom, que você tem em mãos e pode ler, só que tem um pequeno detalhe: as suas aulas começam em uma semana. Você fica na dúvida, ler o mais rápido possível ou vai lendo devagar, para não prejudicar os estudos. Um detalhe, você não consegue ler devagar esse livro. E só mais um detalhe, leia no final de semana, quando tem tempo, pois assim que você começar a ler, o livro te puxa para dentro dele ;)



O livro conta a estória de três irmãs bruxas: Cate a mais velha, Maura a do meio e Tess a menor. Elas perderam a mãe faz pouco tempo e Cate ficou encarregada de olhar suas irmãs, para não fazer magia perto de ninguém, pois os Irmãos que são os que cuidam da cidade, odeiam bruxas. Então imagina que um dia, Cate encontra o diário de sua mãe e nele tem uma revelação que pode botar em perigo suas irmãs. E então, o que você faz? Se casar com uma pessoa que todos esperam, para proteger a suas irmãs, se casar com quem ama, ou entrar para a fraternidade, pois assim livra todo mundo do perigo? Esse é o problema que Cate tem que enfrentar.

Quando digo que o livro é viciante, o livro é viciante. Do momento em que peguei ele, não consegui largar o livro, fui lendo, fui lendo, continuei lendo e pronto: acabou. Sério mesmo, senti uma dor no coração quando acabou e não tinha o próximo livro em mãos. Gente sou o tipo de pessoa, que ama ler livros assim, que me deixem com uma expectativa boa sobre o próximo livro, mas ainda estou desesperada pelo próximo. 

O livro é incrível, a estória foi bem construída, o cenário, as irmãs. Tudo. Tudo mesmo me encantou. Cate é uma personagem forte e ao mesmo tempo perdida, ela não sabe o que fazer, ela se sente sobrecarregada com tudo. Maura, na minha opinião, é a irmã que menos gostei, chata, egoísta e outras coisas, que nem vou falar. Tess, é uma graça, me encantou logo de primeira. Ela sabe dos perigos que corre, por isso, não fica se exibindo, mas mesmo assim, comete alguns deslizes, como qualquer outro ser humano e é por isso que adoro ela, compreensiva, inteligente, legal. Igual a Cate. As duas se tornaram minhas melhores amigas.


Já falei que o livro é maravilhoso? Já? Ai meu coração!! Eu quero muito o segundo, pois terminou de uma forma, que não acreditei na hora e muito menos agora. Como assim, produção? Rápido gente, o livro é delicioso, uma leitura viciante, daquelas que você pegou, não largou, terminou e quer mais!! Super recomendado. Amo que amo :)

Livro de parceria